sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Além da linguagem

Tudo o que é grandioso está além da linguagem.

Quando existe sempre muito a dizer, é sempre difícil dizê-lo. Somente pequenas coisas podem ser ditas, somente trivialidades podem ser ditas, somente o mundano pode ser dito.

Sempre que você sente algo transbordante, é impossível dizê-lo, porque as palavras são muitos estreitas para conter algo essencial.

Palavras são utilitárias, boas para o dia-a-dia, para as atividades mundanas. Elas começam a ficar limitadas quando você se move além da vida comum. No amor não são útéis, na prece se tornam completamente inadequadas.

Tudo o que é grandioso está além da linguagem e, quando você descobre que nada pode ser expresso, então você chegou, então a vida está repleta de grande beleza, de grande amor, de grande deleite, de grande celebração.



Osho

Um comentário:

Adelmar Araújo disse...

Concordo com você. E se se tratar de linguagem falada ou escrita (com palavras) é bom não esquecer do velho Drummond: "Lutar com palavras é uma luta vã".