segunda-feira, 11 de agosto de 2008

O advogado de Deus

O advogado deve ser instrumento de qual justiça? Da divina ou da humana?

A justiça humana pode estar em sintonia com a justiça divina. Neste caso, o trabalho do advogado fica mais fácil.

Mas quando a justiça humana se divorcia da justiça divina cabe ao advogado tomar uma posição, de um lado ou de outro.

Sua profissão será mais bela quanto mais se aproximar dos mandamentos superiores da justiça de Deus

Pode , então, se perguntar: Como discenir que tal justiça é humana ou é divina?

Não é fácil, mas é possível. Deus nos deu consciência para analisar, verificar, ponderar, sopesar, tudo nela está gravado. Fazendo isso direitinho saberemos encontrar a resposta.

Já se afirmou que a advocacia quando mal exercida é a mais vil das profissões, mas quando bem exercida é a mais nobre de todas.

Esse misticismo que envolve a profissão é a mola que impulsiona as grandes ações dos advogados, revelando toda a sua força, todo o seu magnetismo em favor da justiça e da verdade.

Quem conhece bem a história da advocacia não pode deixar de se curvar ao charme que ela desperta no íntimo de cada um.

Quanto mais estivermos a serviço de grandes ideais mais honraremos nosso ofício.

Deve o advogado, por dever de consciência, se afastar do caminho do mal, e levantar a bandeira suprema do bem. Veremos como Deus nos usa nas grandes causas da humanidade.

Parabéns ao que fazem da advocacia uma profissão santa, cheia de rosas, de poesias, de canções, mesmo num mar revolto, mas marinheiro bom sabe navegar em assombrosas ondas.

2 comentários:

Thalles Sales disse...

Quero deixar aqui meus parabéns aos bons Advogados (com A maiúsculo)de nossa cidade.
Sempre lembrando das lições do insigne mestre Eduardo Juan Couture, em seu decálogo dos Advogados, mormente em seu 4° mandamento, o qual reza: " LUTA - Teu dever é lutar pelo Direito; porém, quando encontrares o Direito em conflito com a Justiça, Luta pela Justiça."

Quando eu estiver apto à exercer o belo ofício da Advocacia, lembrar-me-ei detidamente das lições do nobre jurista uruguaio.

Abraços

Thalles Sales - Direito UFAC

Sanderson Silva de Moura disse...

Caro Thalles, serás bem-vindo à advocacia.

Lutar sem se cansar, sem se abater, sem desanimar. Não é fácil, mas é encantador.