sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

O juiz de respeito

Para Sócrates quatro coisas devem ser feitas por um juiz: "ouvir cortesmente, responder sensatamente, considerar sobriamente e decidir imparcialmente".

De plano se nota a incompatibilidade entre desequilíbrio e magistratura.

Deve haver, no processo de seleção dos futuros juízes, rigorosa investigação a respeito de sua inteligência emocional. Ganha a sociedade e ganha o Poder Judiciário.

Para ser digno do nome de JUIZ a que se seguir os ensinamentos do grande filósofo.

4 comentários:

joanadarcativistadh disse...

Advogado Militante e Colega Sanderson Moura,requisite-me para sua Assistente quando tiver esses enfrentamentos desses PSEUDO-DEUSES do JUDICIÁRIO que ENSINÁ-LOS-EI regras básicas de DIREITOS HUMANOS e PRERROGATIVAS,enviarei também Relatórios a nível Nacional,rapidamente,o Tribunal de Justiça do Acre vai ensinar aos Magistrados quais SÃO AS NOSSAS PRERROGATIVAS LEGAIS FEDERAIS.Continua SOLIDÁRIA com suas LUTAS e ao seu Dispor. JOANA D`ARC,Advogada Militante e Ativista em Direitos Humanos.

Sanderson Silva de Moura disse...

Obrigado pelo apoio Joana.

A advocacia tem que se levantar.

Anônimo disse...

A Arrogancia de alguns juízes supera o aceitável, esses seres q deveriam ter argumentos para perguntas pertinentes. Sofrí o abuso de um juiz a alguns anos em Xapurí, quando questionei os critérios de seleção que obriga as pessoas comuns trabalharem como mesários e presidentes de seção.Sempre era obrigado a trabalhar em todas as eleições, nunca era substituído, e ao indagar ao "todo poderoso" juiz durante uma reunião preliminar, porque isso ocorria, ele me mandou calar a boca, dizendo do alto de sua arrogancia,.."Vc está tumultuando a reunião"..A falta de competencia dele em responder uma pergunta simples, que todos ali na sala gostariam de perguntar, (pois éramos sempre os mesmos em todas as eleições), mas não tinham coragem, foi brutal. Sou honesto, pago meus impostos, faço meu trabalho da melhor maneira possivel, e a última pessoa q até então tinha me mandado calar a boca, tinha sido meu pai, quando eu ainda era uma criança. Silencio sepulcral depois da ordem de calar a boca,.. esse juiz ainda por aí.

Anônimo disse...

O que falta na maioria das autoridades é o respeito ao seu próximo através da obediência ao Deus todo poderoso.Somos filhos do mesmo Deus Todo Poderoso e Deus não faz acepção de pessoas.
Mateus 5:22 Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno.
Webstonaugusto@bol.com.br